A honestidade intelectual e a filosofia

A filosofia é diferente das outras disciplinas porque seu método é argumentativo: para desenvolver o conhecimento filosófico, não é adequado propor experimentos, nem é adequado demonstrar uma tese por meio de um método lógico-matemático formal.

A filosofia é um campo do conhecimento que trata de conceitos que usamos no dia-a-dia, nas ciências, na literatura; esses conceitos só podem ser analisados e desenvolvidos, ou o conhecimento desses conceitos só pode ser aprofundado e avançado, por meio do debate entre pessoas que tenham coragem para questionar todas as noções previamente tidas como certas e sejam intelectualmente honestas.

A honestidade intelectual, pré-requisito para a filosofia, é uma atitude que significa, de modo geral, a honestidade na aquisição, na análise e na transmissão de ideias.

Uma pessoa honesta intelectualmente:

  • não exagera a força dos seus argumentos; reconhece que os argumentos geralmente têm fraquezas, pois argumentamos usando a linguagem comum, que não permite uma descrição perfeita da realidade – afinal, o signo não é idêntico ao significado.
  • demonstra a disposição de aceitar a existência de teses diferentes ou opostas também justificáveis racionalmente; embora a princípio uma pessoa necessariamente pense que sua tese é melhor do que as outras, é necessário reconhecer que outras teses são possíveis e dignas de discussão.
  • demonstra a disposição de aceitar discutir suas próprias teses, seus pressupostos e seus princípios; se uma pessoa não aceita discutir sua própria perspectiva, não tem o direito de exigir que a do outro seja discutida.
  • admite as fraquezas apontadas pelos outros em seu argumento; se a pessoa não é capaz de aceitar que há pontos fracos em sua argumentação, mesmo quando esses pontos fracos são indicados, então não quer realmente debater o tema: quer somente impor sua tese ao outro.
  • aceita a possibilidade de estar errada; como ninguém conhece integralmente a realidade, mas somente a conhece a partir de uma perspectiva extremamente limitada, a pessoa não pode admitir a priori que esteja absolutamente certa.
  • reconhece quando um argumento ou uma crítica do outro é bom; se a pessoa não consegue aceitar quando o outro apresenta um bom argumento ou uma crítica procedente, mostra que não está preparada para um debate sério.
  • aceita as conseqüências das teses que defende até as últimas circunstâncias e com rigor; é preciso reconhecer que uma tese tem um alcance tão universal quanto o de sua formulação, e que não é razoável afirmar que uma tese vale em um caso mas não no outro.
  • não simplifica nem distorce o argumento do outro; é importante mostrar que existe um esforço genuíno de compreensão da tese e do argumento do outro e, por isso, é preciso sempre argumentar contra o que o outro efetivamente afirmou, sem tirar frases do adversário do contexto original.
  • argumenta contra a tese ou o argumento do outro, mas não contra o outro; o argumento ad hominem é um dos sofismas mais comumente usados, mas também um dos menos respeitáveis.

A honestidade intelectual não é condição suficiente para que se faça filosofia, mas é condição necessária.

Juntamente com a honestidade intelectual, é preciso ter disposição para questionar coisas que as pessoas geralmente consideram como óbvias – como, por exemplo, o porquê do mundo ser como é, o porquê da linguagem existir, o porquê da ciência funcionar, o porquê de considerarmos umas coisas como boas e outras como más, ou umas como certas e outras erradas, etc.

Com a conciliação entre a vontade de questionar o senso comum e a atitude de ser honesto nesse questionamento, temos o que podemos chamar de “atitude filosófica”.

Anúncios
Esse post foi publicado em Filosofia e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s